Taxas de juros curtas têm alta à espera do Copom

14/06/2021

O mercado de juros encerrou o dia calculando cerca de 38% de probabilidade de uma alta da Selic de 1 ponto percentual

Os juros futuros de curto prazo encerraram a sessão regular desta segunda-feira em alta, à medida que os investidores aparavam as apostas para o Copom da próxima quarta. As taxas de médio e de longo prazo sofreram recuos de até 6 pontos-base em relação ao ajuste anterior, em um movimento de perda de inclinação da curva, amparado no ciclo de normalização monetária, de melhora do quadro fiscal e de elevação das projeções para expansão do PIB.

Finalizado o pregão, as taxas dos contratos futuros de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2022 subiam de 5,30% no ajuste anterior para 5,34%; as do DI para janeiro de 2023 tinham queda de 6,97% para 6,95%; as do DI para janeiro de 2025 caíam de 8,05% para 7,99% e as do DI para janeiro de 2027 recuavam de 8,53% para 8,47%.

O mercado de juros, deste modo, encerrou o dia precificando cerca de 38% de probabilidade de uma alta da Selic de 1 ponto percentual, mantendo a chance majoritária de 62% de uma elevação de 0,75 ponto dos juros para a decisão do Copom da próxima quarta, caso apenas estas duas alternativas fossem consideradas.

BY ALEXSANDER QUEIROZ SILVA
Fonte: Valor Investe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *