Taxa de calote de companhias em grau especulativo nos EUA em 2021 será maior que em 2020

24/02/2021

A S&P Global Ratings estima que a taxa chegue ao fim de 2021 em 7%, acima dos 6,6% registrado em 2020

A S&P Global Ratings estima que a taxa de default (calote) de empresas com grau especulativo nos Estados Unidos chegue ao fim de 2021 em 7%, acima dos 6,6% registrado em 2020. Segundo a agência de classificação de risco, seria a maior taxa desde 2009.

No ano passado, 146 emissores corporativos nos EUA entraram em default, no maior número desde 2009, quando 195 companhias não conseguiram pagar as dívidas. Para 2021, o cenário base da S&P indica a possibilidade de que a taxa alcance 7% dos emissores abaixo do grau de investimento.

“Para alcançar essa taxa, 133 companhias em grau especulativo teriam de entrar em default”, apontou a agência.

De acordo com a S&P, um grande componente do crescimento econômico neste ano será uma melhora comparada com uma base de atividade já muito suprimida em 2020.

“As companhias na distribuição de grau especulativo com notas ‘BB+’ ou abaixo permanecem mais fracas do que no começo do ano passado”, ponderou a agência.

Fonte: Valor Investe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *