Selic deve subir 0,75 ponto, mas ‘nada está escrito em pedra’, diz Campos Neto

14/04/2021

O presidente do Banco Central disse que a autoridade monetária ‘não mira no curto prazo’

Minutos antes, disse que o BC segue considerando que a Selic precisa ficar em patamar estimulativo. Mas essa decisão vai depender da conjuntura. “Nada está escrito em pedra, vamos ver como a situação se desenvolve”, reforçou.

A questão, segundo Campos, “é quão estimulativa precisa ser” a política monetária. Ele reiterou que o BC mencionou em suas últimas comunicações uma “normalização parcial” da Selic. Ou seja: com a taxa básica abaixo da taxa estrutural de juros. Na semana passada, o diretor de política econômica do BC, Fabio Kanczuk, destacou que a taxa estrutural está em aproximadamente 6,5% ao ano.

De acordo com Campos, a última divulgação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) mostrou os núcleos de inflação, mais sensíveis à política monetária e à atividade econômica, abaixo do esperado. Mesmo assim, reforçou que o Banco Central não mira o curto prazo. “Estamos olhando mais e mais para 2022”, afirmou o presidente do BC.

Fonte: Valor Investe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *