Oferta de ações deve bater recorde

30/06/2021

IPOs e follow-ons podem chegar a R$ 120 bi em julho, já superando o ano passado

A atual temporada de ofertas de ações já tem na fila operações que podem movimentar algo em torno de R$ 40 bilhões — ou até mais. Caso esse cenário se confirme, o país deve encerrar julho com cerca de R$ 120 bilhões captados, volume muito próximo dos R$ 119,3 bilhões movimentados em todo o ano passado. Se a safra encerrada em maio foi marcada por IPOs que ficaram pelo caminho e quase 60% das transações saíram no piso ou abaixo da expectativa de preço das companhias, a nova leva tem tudo para ser muito mais positiva.

Para as próximas semanas, estão na fila operações de grande porte, como noticiou o Valor em maio. A BR Distribuidora inaugura essa sequência hoje com uma oferta na qual a Petrobras pretende se desfazer dos 37,5% que ainda tem da empresa — um negócio de aproximadamente R$ 11,5 bilhões.

O cenário internacional, que teve um momento de nervosismo diante das preocupações com a inflação nos EUA, se acalmou. O avanço da vacinação no Brasil anima os investidores, apesar de o noticiário político ainda gerar cautela. Ao mesmo tempo, a bolsa voltou a atrair estrangeiros. Mesmo com o ciclo de alta da Selic, executivos que atuam na estruturação das ofertas se mostram otimistas.

BY ALEXSANDER QUEIROZ SILVA
Fonte: Valor Investe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *