Investidor pessoa física poderá negociar ações de empresas do exterior a partir de quinta (22)

20/10/2020

As BDRs de empresas de capital aberto em bolsas de outros países vão ampliar leque de ofertas para pequenos investidores no Brasil

A B3, bolsa de valores, anunciou que partir desta quinta-feira, 22 de outubro, passam a valer as novas regras de negociações de BDRs (Brazilian Depositary Receipts, na sigla em inglês). Com as mudanças, o investidor pessoa física terá acesso a essas ações de empresas listadas em bolsas no exterior.

No total, entram no leque de opções de investimentos 670 BDRs (papéis de empresas), inclusive de companhias brasileiras que decidiram abrir capital em bolsas fora do país.

Os papéis poderão ser oferecidas pelas corretoras aos seus clientes, contanto que representem ações de empresas estrangeiras ou ETFs negociados no que a B3 “mercado reconhecido”.

“Chegou a tão esperada data para que os BDRs possam ampliar a carteira de investimentos da pessoa física, possibilitando a aquisição de ações internacionais. Esse movimento leva o mercado de capitais brasileiro para um novo patamar, tornando-o ainda mais forte e abrangente”, diz, em nota, Felipe Paiva, diretor de Relacionamento com Clientes da B3.

A data para início das operações foi divulgada depois que a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aprovou mudanças no Regulamento para Listagem de Emissores e Admissão à Negociação de Valores Mobiliários da B3.

Fonte: Valor Investe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *