Fundos têm captação líquida positiva de R$ 62,1 bilhões até aqui em 2021

27/01/2021

De acordo com os dados, entre os dias 18 e 22 de janeiro, a indústria teve saldo positivo líquido de R$ 6,3 bilhões

Os fundos de investimento tiveram captação líquida positiva de R$ 62,1 bilhões entre os dias 1º e 22 de janeiro, segundo relatório semanal da Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais) divulgado nesta quarta-feira (27).

De acordo com os dados, entre os dias 18 e 22 de janeiro, a indústria teve saldo positivo líquido de R$ 6,3 bilhões.

A classe de renda fixa teve a maior captação do período com R$ 6,3 bilhões, seguida de:

  • fundos de ações (R$ 1,3 milhão);
  • previdência (R$ 587,8 milhões);
  • FIDC (R$ 460,1 milhões – movimento concentrado com aporte de R$ 475 milhões); e
  • ETFs (R$ 220,1 milhões)

As demais classes de fundos fecharam a semana com resgates líquidos, segundo a Anbima, mas todas com movimentos de saída concentrados: os FIPs tiveram retiradas de R$ 1,6 bilhão; os multimercados, de R$ 849,9 milhões; e os cambiais, de R$ 128,9 milhões.

Em termos de rentabilidade, o maior retorno no ano é, até aqui, da classe de fundos cambiais, com retorno de 5,5%, e dos multimercados no exterior, com retorno de 1,67%. Na outra ponta, perderam mais no ano os produtos no segmento “ações dividendos” (queda de 3,11%) e, na sequência, os “ações small caps” (queda de 1,68%).

Fonte: Valor Investe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *