Empresas novatas ocupam espaço de seguradoras tradicionais

08/02/2021

Setor acelera no 2º semestre e termina ano com leve crescimento

O mercado segurador foi afetado pela pandemia em 2020, mas teve recuperação no segundo semestre e encerrou o ano com um crescimento de 1% de receitas. Mas os resultados foram díspares entre as empresas e as que apresentaram maior expansão foram as entrantes no setor, caso da XP Seguros e da Siccoob Seguradora.

A Superintendência de Seguros Privados (Susep) passou a divulgar os dados das maiores empresas em participação do mercado e as maiores taxas de crescimento, nos segmentos de seguros de danos (que inclui seguros massificados e grandes riscos) , seguros de pessoas e de previdência. O setor movimentou R$ 274,11 bilhões em receitas em 2020, alta anual de 0,6%, de acordo com os dados obtidos com exclusividade pelo Valor.

“De modo geral, os ramos que estão mais vinculados com a questão de mobilidade estão mais sensíveis ao nível de atividade econômica. No próprio VGBL, as pessoas que tiveram algum tipo de perda de renda nos momentos mais agudos da pandemia tiveram que fazer resgates”, disse o diretor da autarquia, Vinicius Brandi. Durante o ano, os ramos de riscos especiais sofreram menos, completou o chefe da assessoria de estudos e relações institucionais da Susep, Paulo Miller. “Seguros como garantia estendida e de automóveis tiveram queda na sinistralidade e receitas de prêmios. Mas tiveram recuperação robusta no segundo semestre. As empresas souberam se reinventar”, afirmou Miller.

Fonte: Valor Investe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *